Living by faith - 生活因信 Shēnghuó yīn xìn

A JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ E PAZ COM DEUS-JUSTIFICADOS, POIS, MEDIANTE A FÉ, TEMOS PAZ COM DEUS POR MEIO DO NOSSO SENHOR JESUS CRISTO;POR INTERMÉDIO DE QUEM OBTIVEMOS IGUALMENTE ACESSO, PELA FÉ, A ESTA GRAÇA NA QUAL ESTAMOS FIRMES;E GLORIAMO-NOS NA ESPERANÇA DA GLÓRIA DE DEUS. (Rm.5.1-2) NÃO HÁ ARRECADAÇÃO FINANCEIRA EM NOME DESTE BLOG. APÓS A LEITURA DOS ARTIGOS, APENAS EXPONHO O NÚMERO DAS CONTAS BANCÁRIAS DE AGÊNCIAS DE MISSÕES E MISSIONÁRIOS PARA QUE VOCÊ CONTRIBUA COM AMOR, SE ASSIM DESEJAR!

Relatos da violência contra cristãos na República Centro-Africana Parte 2 17 nov 2013 - A caminho d–e Kongbo, rebeldes Seleka pararam na sede da União das Igrejas Elim. De lá, levaram contêineres, carros, motos e bicicletas além de saquear as casas dos alunos e funcionários do Instituto Bíblico Elim (IBE)



Women_CAR.jpgIgrejas católicas e protestantes foram saqueadas, bem como empresas cristãs. Rebeldes esvaziaram lojas, roubaram casas e levaram milhões de francos CFA em troca de vidas. Eles, então, atacaram edifícios administrativos e fizeram grande dano às propriedades do Estado e empresas privadas.
Quando passaram pela sub-região de Kembé, mataram várias pessoas, incluindo o comandante da brigada policial. Eles queimaram casas nas aldeias de Ndékpéré-Mboyo e Satema como punição aos soldados do exército que esconderam seus carros. Prédios do governo também foram destruídos e documentos oficiais queimados.
Novamente, igrejas católicas e protestantes, assim como as residências de seus funcionários, foram saqueadas e empresas cristãs locais, explorações agrícolas e de pesca, prejudicadas. Em seguida, rebeldes invadiram a pequena cidade mineira de diamante e ouro de Mingala. Lá, eles também expulsaram cristãos e levaram tudo o que encontraram de comida e dinheiro.
Nenhuma das aldeias a caminho das cidades maiores foram poupadas. Instituições cristãs em todos os lugares, empresas e fazendas tornaram-se vítimas dos rebeldes que roubaram das pessoas toda a sua comida e suprimentos. Os rebeldes intimidaram as pessoas com uma arma, empurrando-as para o chão, na tentativa de levá-las a desistir de bens ocultos, tais como dinheiro.
Mobaye, a capital regional, caiu em 7 de fevereiro desse ano. Os rebeldes saquearam o centro administrativo da cidade, destruíram o edifício e queimaram todos os documentos. Em seguida, eles foram ao hospital e roubaram medicamentos, camas, rádios e equipamentos de radiologia. Pegaram todos os remédios de tuberculose e lepra e levaram portas e janelas.
O centro social, onde ficam os órfãos, viúvas e deficientes físicos também foi atacado. Os rebeldes destruíram o interior do edifício, queimaram todos os documentos e roubaram as motos. Um funcionário de alto escalão do Tribunal de Justiça, conhecido apenas como Sr. François, foi espancado e deixado para morrer.
Na Igreja Elim II, eles bateram em um pastor até a morte na frente de seu filho. A Portas Abertas está trabalhando na aquisição de mais detalhes, mas soube que, como o filho estava chorando em voz alta, os rebeldes o aquietaram puxando sua orelha para trás até sangrar. Alguns espectadores foram corajosos o suficiente para intervir e levaram-no a um hospital na República Democrática do Congo.
O pastor Sanbo, de Elim I, foi capturado e forçado a entregar os 150 mil francos CFA que tinha. Os rebeldes haviam prometido voltar à igreja para pegar mais dinheiro, que eles sabiam que estava escondido. Ao retornarem, o pastor havia fugido, mas eles invadiram sua casa e roubaram tudo de valor.
Outro pastor, da Igreja Batista, estava em missão em Kembé, mas rebeldes arrombaram a porta e a janela da igreja e, em seguida, tiraram de sua casa roupas e materiais de construção. Empresas cristãs, fazendas, peixarias e casas foram saqueadas.
A Portas Abertas tem acompanhado a situação, tanto quanto possível. Inclusive, um colaborador na região foi forçado a se esconder dentro de casa, juntamente com os demais moradores de Bangui.
Pedidos de oração

  • Ore pelo povo da República Centro-Africana, para que a paz seja restabelecida no país.
  • Peça pela provisão de Deus para quem enfrenta opressão e violência.
  • Interceda pela misericórdia de Deus sobre a vida dos rebeldes Seleka, para que eles sejam alcançados pelo evangelho e possam entregar suas vidas a Cristo.
  • FontePortas Abertas Internacional
    TraduçãoTamires Marques
  • Portas Abertas - Servindo cristaos perseguidosFonte: Portas Abertas

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJAM BEM VINDOS EM NOME DO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO!!!

O SEU COMENTÁRIO, É MUITO IMPORTANTE PARA APERFEIÇOAR ESTE BLOG...TINA DE JESUS - ERNESTINA P. REIS...

Postagens populares; Aqui você encontra as postagens mais lidas de cada mês, Seja bem vindo(a)

link-me: ajude-me divulgar trabalho de Missionários(as) e agências de Missões do Brasil e no Mundo