Living by faith - 生活因信 Shēnghuó yīn xìn

A JUSTIFICAÇÃO PELA FÉ E PAZ COM DEUS-JUSTIFICADOS, POIS, MEDIANTE A FÉ, TEMOS PAZ COM DEUS POR MEIO DO NOSSO SENHOR JESUS CRISTO;POR INTERMÉDIO DE QUEM OBTIVEMOS IGUALMENTE ACESSO, PELA FÉ, A ESTA GRAÇA NA QUAL ESTAMOS FIRMES;E GLORIAMO-NOS NA ESPERANÇA DA GLÓRIA DE DEUS. (Rm.5.1-2) NÃO HÁ ARRECADAÇÃO FINANCEIRA EM NOME DESTE BLOG. APÓS A LEITURA DOS ARTIGOS, APENAS EXPONHO O NÚMERO DAS CONTAS BANCÁRIAS DE AGÊNCIAS DE MISSÕES E MISSIONÁRIOS PARA QUE VOCÊ CONTRIBUA COM AMOR, SE ASSIM DESEJAR!

Igreja da Cientologia se manifesta sobre ator Tom Cruise

IApontado como o pivô da separação entre Katie Holmes e Tom Cruise, a cientologia é uma seita que vem atraindo muitas celebridades e é caracterizada pelo domínio mental de seus seguidores.
Segundo o apologista Johnny Bernardo, do Instituto de Pesquisas Religiosas (INPR), a cientologia pode ser chamada de “seita destrutiva”. “Ela é caracterizada por um extremo centralismo e domínio das faculdades mentais de seus seguidores. Seus líderes possuem a habilidade que faz com que as pessoas o sigam sem questionamentos, e comanda seus fiéis como seus devotos”, explica Bernardo.
Cruise, adepto da cientologia desde a década de 80, seria extremamente ligado à religião, enquanto Katie não dava a mesma ênfase. Outro fator que pesou na decisão de divórcio, seria que Katie queria proteger a filha Suri, de 6 anos, de ser iniciada na bizarra seita. Ao pedir a separação, ela exigiu a guarda total, não compartilhada, da criança.
Cruise é apontado como um dos expoentes da seita, e seus líderes o chamam de “Cristo” da cientologia. Katie ainda se queixou da personalidade excessivamente controladora e obsessiva de Cruise. Segundo a Veja, ele decidia tudo na vida da esposa: desde os papéis dela no cinema, as férias, como Suri seria criada, onde iriam jantar, de acordo com uma fonte próxima à atriz.
“Ela estava enlouquecendo. Katy costumava ser corajosa e vívida, mas acabou se tornando oprimida e insípida”, revelou a fonte.
Religião das celebridades
Fundada em1954 pelo norte-americano Lafayette Ron Hubbard a Cientologia tem como uma de suas estratégias de crescimento o apelo à mídia e adesão de celebridades.
“Amparada na fama de alguns de seus seguidores, a cientologia vem conquistando cada dia mais adeptos. Tom Cruise, John Travolta e Juliete Lewis são exemplos de ‘garotos propaganda da doutrina de Hubbard’”, explica Bernardo.
Apesar dos “famosos” difundirem a seita por diversas partes do mundo, ela ainda não possui grande expressão no Brasil. Mas, segundo o apologista, ela vem estabelecendo bases na Venezuela e outros países fronteiriços.
Um dos perigos apontados pelo estudioso para a cientologia é a manipulação psicológica a que a doutrina submete seus adeptos. Além, disso, ressalta, existem denúncias de desvio de verbas, abuso sexual e até mesmo de agressão física.
Na Austrália, já foi alvo de investigações por erros no pagamento de funcionários. A rede de televisão ABC também realizou reportagens denunciando problemas nas contas da instituição.
A religião visa pessoas jovens, de boa aparência, de mente aberta, que almejam fama e poder. De acordo com o apologista, “a mente humana é uma das obsessões da cientologia.
“A Cientologia – assim como outros grupos destrutivos – representa um grande perigo para a sociedade”. Citando o tabloide Daily Mail, o estudioso conclui: a seita quer transformar seus seguidores em “super-homens”.PRIMEIRO TEXTO: FONTE - GOSPEL PRIME                    greja da Cientologia se manifesta sobre ator Tom Cruise:Cientologia usa métodos de manipulação e

A igreja da Cientologia resolveu se manifestar oficialmente a respeito da revelação de que, em 2004, escolhia atrizes que faziam parte da seita para um teste, visando arrumar uma namorada para Tom Cruise, antes dele se casar com Katie Holmes. A história veio à tona no último dia 3, publicada pela revista "Vanity Fair".

Segundo o "Huffington Post", a igreja acusa a publicação de "jornalismo de má qualidade, fanatismo religioso e responsabilidade legal potencial" em uma carta, na qual também critica a credibilidade da repórter Maureen Orth.

"Ela não tem a mais vaga ideia sobre a prática da Cientologia. Essas acusações são difamatórias. Se a 'Vanity Fair' levar essas alegações difamatórias à frente agora que foi avisada que a história é falsa, a mancha em sua reputação será imensa",adverte.

A revista afirmou que uma das atrizes escolhidas foi a iraniana Nazanin Boniadi, obrigada a terminar seu namoro na época e voar para Nova York em novembro de 2004 para conhecer o ator.

O casamento de Tom Cruise com Katie Holmes chegou ao fim quando a atriz pediu o divórcio, no dia 28 de junho. Através de sua porta voz, Beth Kseniak, a revista mantêm sua versão. "Nós absolutamente ficamos com a história de Maureen Orth. A 'Vanity Fair' nunca pagou fontes e nunca faria isso", disse.



Fonte: Band
-----------

Nenhum comentário:

Postar um comentário

SEJAM BEM VINDOS EM NOME DO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO!!!

O SEU COMENTÁRIO, É MUITO IMPORTANTE PARA APERFEIÇOAR ESTE BLOG...TINA DE JESUS - ERNESTINA P. REIS...

Postagens populares; Aqui você encontra as postagens mais lidas de cada mês, Seja bem vindo(a)

link-me: ajude-me divulgar trabalho de Missionários(as) e agências de Missões do Brasil e no Mundo